Como acompanhar o percentual entre peças e serviços na oficina

70% do faturamento de sua oficina vem das peças e por isso que estamos retomando este assunto pela terceira vez. Você, que é dono da oficina, precisa entender de uma vez por todas que a movimentação de peças que sua oficina compra e vende todos os meses tem um “peso” muito forte no equilíbrio da sua oficina.

Não podemos ignorar que este número (indicador) é importante para o pagamento das despesas no final do mês. Todos sabemos que uma oficina não consegue pagar suas despesas do mês vendendo somente serviços, porém sabemos também que quando mal acompanhada, esta movimentação de peças pode fazer a empresa perder todo o controle financeiro. Preciso repetir este número para reforçar o tamanho da nossa responsabilidade.

O que fazer?

 

Faça um levantamento simples pegando tudo o que sua oficina vendeu no mês e em seguida separe o que foi vendido de peças e o que foi vendido de serviços. Pode ter certeza de que, na média do Brasil, o número referente a peças vai dar próximo de 70%, ou seja, estamos obrigados a controlar e acompanhar mais de perto.

Com esta explicação acredito que fica mais fácil de acompanharmos o que vendemos de peças e serviços todos os dias, e se estamos atingindo nossa meta de vendas diárias explicada nos blogs anteriores.

O proprietário da oficina precisa receber em sua mesa, todos os dias, um relatório com as vendas do dia anterior, referente aos veículos entregues. Este relatório deve mostrar quanto foi vendido de serviços e quanto foi vendido de peças e neste caso o mesmo relatório deve mostrar a diferença da compra e da venda das peças.

Este relatório vai possibilitar ao proprietário da oficina analisar diariamente como estão as vendas e se elas estão dentro da meta estipulada pela oficina para cobrir as despesas do dia e verificar se ainda vai sobrar. É esta “sobra” que vai, no dia a dia, trazer o equilíbrio para a oficina.

Caso sua oficina não tenha este relatório pode usar como modelo o que está abaixo como parte deste material para servir de referência para sua oficina.

Relatório de SaídaClique aqui
Movimento Diário de PeçasClique aqui

 

 

 

A partir de hoje mãos à obra.

Acompanhe toda a movimentação de compra e venda de peças. Este é um indicador fundamental, entre outros, para garantirmos o equilíbrio financeiro da oficina. E lembre-se de que todos os três últimos textos estão usando como referência somente o cálculo das despesas totais de sua oficina. Ainda vamos implementar nestes cálculos os indicadores de custo fixo e variável.

 

 

 

Fábio Moraes

CEO da empresa Ultracar, com 25 anos de experiência em gestão e administração de oficinas. Matemático, Analista de sistema e Administrador de empresas. Auditor do IQA, (Instituto de Qualidade Automotiva), consultor do IAA e consultor de várias oficinas do Brasil. Viajou o Brasil inteiro no ano de 2016 ministrando palestra com o tema “Oficina dá dinheiro, mas tem que administrar”.


Tags: , , , ,

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *